Falamos sobre isso antes – a importância de direcionar o tráfego do website por meio das calls-to-action apropriadas e de projetar seu website em torno das ações desejadas do usuário. Mesmo quando você fornece aos mecanismos de pesquisa, às redes sociais e a outros websites uma forte compreensão do valor do seu site e empresa, ainda é importante garantir que os visitantes que chegam até você saibam o que devem fazer o mais rápido possível.

Por outro lado, o contexto off-page diz respeito ao que acontece fora do site enquanto organismo autónomo e independente. Refere-se à sua envolvência, ao que, no eco-sistema digital, no seu exterior, refere e aponta “caminhos” para si, para as suas páginas, artigos ou produtos. Estas referências externas, que constituem indicadores de relevância e autoridade podem ter várias origens:


Programa Google AdWords – um sistema em que seu anúncio é combinado com consultas de pesquisa ou websites apropriados que exibem anúncios do Google e exibido em resposta às pesquisas realizadas pelos usuários. Por exemplo, uma companhia de seguros ou publicidade de corretor de imóveis em termos relacionados a seus negócios pode gerar tráfego de maneira rápida e fácil com a segmentação por palavras-chave correta.
Para isto, começamos por analisar quais os termos de pesquisa mais relevantes para a sua atividade, e que tipo de pesquisas fazem os consumidores quando pretendem saber algo dentro dessa atividade, e a partir daí otimizamos o site em torno das mesmas, de forma a que se consiga, para além de melhorar a posição do website nas pesquisas e de aumentar o seu tráfego, angariar visitas muito mais qualificadas e interessadas no que o site e empresa oferecem. Desde o endereço da página, ao mapa do site, e até aos conteúdos que este vai ter, tudo tem de ser pensado contemplando a otimização para motores de busca.

Quando começamos a estudar o caso de Visión del Cine, descobrimos que compartilhar um artigo sobre Os melhores filmes do ano somente em janeiro dificultava a visualização do mesmo por nossos novos seguidores e fãs. Em outras palavras, quando publicamos somente uma vez, percebemos que estávamos perdendo a chance de tirar um maior proveito de um conteúdo que podia render muito mais. Para corrigir a situação, decidimos modificar a estratégia e voltar a compartilhar alguns conteúdos nas Redes Sociais.
A duração das palavras – Existem mais de 3 bilhões de sites na Web hoje, então o Google não classificará seu site se você escrever artigos curtos de 50 palavras para o seu blog. Um bom conteúdo deve ter um mínimo de 500 palavras, mas quanto mais, melhor! Blogueiros experientes escrevem pelo menos 1 000 palavras por dia, enquanto autores de livros escrevem cerca de 2.500 palavras por dia. O que impede você de escrever pelo menos 500?

Al principio los motores de búsqueda se basaban en el número de veces que se repetía una palabra. Al hacer una búsqueda rastreaban en su índice esos términos para encontrar qué páginas los tenían en sus textos, posicionando mejor la que más veces lo tenía repetido. Actualmente, son más sofisticados y basan sus índices en cientos de aspectos diferentes. La fecha de publicación, si contienen imágenes, vídeos o animaciones, microformatos, etc. son algunos de esos aspectos. Ahora dan más prioridad a la calidad del contenido.
Outro ponto essencial da estratégia foi tirar proveito dos grupos do Facebook: são ferramentas gratuitas e ideais para segmentar seu público e fidelizar os usuários. De fato, já que as pessoas buscam espaços com interesses comuns para compartilhar suas ideias, decidimos aproveitar esta possibilidade para criar grupos locais para amantes do cinema, por exemplo: “Amantes do Cinema Clássico” ou “Cinéfilos de Madrid”.
Quando tivemos que publicar várias vezes os mesmos conteúdos, percebemos que era importante mostrar algo diferente ou original em cada postagem. Isso mantém o interesse do público e ajuda a não ganhar fama de Spammer. Com isso na mente, definimos diferentes títulos para poder oferecer diferentes conteúdos a partir de diferentes abordagens. Estas são as tipologias que estabelecemos (e sugiro que aplique as dicas em seus reposts!):

Quando tivemos que publicar várias vezes os mesmos conteúdos, percebemos que era importante mostrar algo diferente ou original em cada postagem. Isso mantém o interesse do público e ajuda a não ganhar fama de Spammer. Com isso na mente, definimos diferentes títulos para poder oferecer diferentes conteúdos a partir de diferentes abordagens. Estas são as tipologias que estabelecemos (e sugiro que aplique as dicas em seus reposts!):


Uma dica bem simples, mas que eu considero bastante valiosa, é o engajamento. E isso pode ser feito através dos comentários no site, chatbots, direct, messenger, whatsapp, e-mail ou até mesmo contato pessoal. Não importa a forma e sim que você esteja sempre disposto a escutar e entender os feedbacks dado pelo seu lead . Vá por mim, você vai tirar muitos insights e economizar muitos recursos se começar por aqui.
Una vez que las páginas son rastreadas e indexadas, llega el momento en el que actúa el algoritmo: los algoritmos son los procesos informáticos que deciden qué páginas aparecen antes o después en los resultados de búsqueda. Realizada la búsqueda, los algoritmos revisan en los índices. Así sabrán cuáles son las páginas más relevantes teniendo en cuenta los cientos de factores de posicionamiento. Y todo esto sucede en cuestión de milisegundos.
A duração das palavras – Existem mais de 3 bilhões de sites na Web hoje, então o Google não classificará seu site se você escrever artigos curtos de 50 palavras para o seu blog. Um bom conteúdo deve ter um mínimo de 500 palavras, mas quanto mais, melhor! Blogueiros experientes escrevem pelo menos 1 000 palavras por dia, enquanto autores de livros escrevem cerca de 2.500 palavras por dia. O que impede você de escrever pelo menos 500?
O PageRank™ ainda possui bastante força na hora de posicionar sites na primeira página de resultados, porém, a disputa pelas primeiras posições leva em consideração também a experiência do usuário. O Google é capaz de identificar quando uma página está satisfazendo mais os usuários que outra, e pode inverter os rankings delas baseado nessa análise, independente da força do domínio de cada um.[7]
Quando tivemos que publicar várias vezes os mesmos conteúdos, percebemos que era importante mostrar algo diferente ou original em cada postagem. Isso mantém o interesse do público e ajuda a não ganhar fama de Spammer. Com isso na mente, definimos diferentes títulos para poder oferecer diferentes conteúdos a partir de diferentes abordagens. Estas são as tipologias que estabelecemos (e sugiro que aplique as dicas em seus reposts!):
Al principio los motores de búsqueda se basaban en el número de veces que se repetía una palabra. Al hacer una búsqueda rastreaban en su índice esos términos para encontrar qué páginas los tenían en sus textos, posicionando mejor la que más veces lo tenía repetido. Actualmente, son más sofisticados y basan sus índices en cientos de aspectos diferentes. La fecha de publicación, si contienen imágenes, vídeos o animaciones, microformatos, etc. son algunos de esos aspectos. Ahora dan más prioridad a la calidad del contenido.

Los primeros buscadores surgieron a principios de los 90. Hasta que Google apareció en 1996 se crearon muchos, entre ellos Yahoo. Comenzó el boom de las Web. La gente se dio cuenta que realmente se podía ganar dinero con ellas. Así llegaron a la conclusión de que necesitaban atraer tráfico. ¿Cuál era el mejor método de atraer tráfico? Los motores de búsqueda. En ese momento los dueños de las webs empezaron a pensar cómo podrían alcanzar las primeras posiciones… ¡El SEO había nacido!

×