Off-site: El SEO off-site es la parte del trabajo SEO que se centra en factores externos a la página web en la que trabajamos. Los factores más importantes en el SEO off-site son el número y la calidad de los enlaces, presencia en redes sociales, menciones en medios locales, autoridad de la marca y rendimiento en los resultados de búsqueda, es decir, el CTR que tengan nuestros resultados en un motor de búsqueda. Seguro que estás pensando que todo esto está muy bien y que es muy interesante pero que tu está aquí para saber porque necesitas el SEO en tu web y que beneficios obtendrás si lo integras en tu estrategia online.
Un buen lugar para conseguir esta información es a través de Google Search Console, antes conocida como “Google Webmaster Tools”, una herramienta gratuita que te ayuda a analizar, optimizar y verificar el estado de tu sitio en los buscadores web. Te muestra todos los errores que Google encuentra cuando lee tu sitio web para que los resuelvas más rápido.
Otro factor para tener en cuenta es el tiempo de carga, puesto que es importante para el SEO. Cuanto más rápido sea el sitio, más fácil será visitar e indexar una página. Las imágenes influyen en el tiempo que se carga un sitio web, especialmente cuando se carga una imagen grande y se muestra muy pequeña, como usar una imagen de 2500 × 1500 píxeles y mostrarla a un tamaño de 250 × 150 píxeles. Aquí lo ideal es escalar la imagen al tamaño que quieras mostrarla.
Una vez que las páginas son rastreadas e indexadas, llega el momento en el que actúa el algoritmo: los algoritmos son los procesos informáticos que deciden qué páginas aparecen antes o después en los resultados de búsqueda. Realizada la búsqueda, los algoritmos revisan en los índices. Así sabrán cuáles son las páginas más relevantes teniendo en cuenta los cientos de factores de posicionamiento. Y todo esto sucede en cuestión de milisegundos.

Um ponto fundamental foi definir quais eram os melhores horários para publicar e assim conseguir atingir nosso público nas redes sociais massivamente. Percebemos que o mesmo conteúdo, publicado em diferentes horários, em alguns casos, exibia níveis de tráfego muito maiores que em outros momentos. Por isso começamos a pesquisar quais eram os horários mais oportunos para publicar em cada canal. Para tanto, usamos ferramentas como Facebook Insights e Twitter Analytics.
O PageRank™ ainda possui bastante força na hora de posicionar sites na primeira página de resultados, porém, a disputa pelas primeiras posições leva em consideração também a experiência do usuário. O Google é capaz de identificar quando uma página está satisfazendo mais os usuários que outra, e pode inverter os rankings delas baseado nessa análise, independente da força do domínio de cada um.[7]
Tudo vale quando se trata de manter seus visitantes em seu site. Você pode oferecer uma boa leitura (ter um blog é sempre uma boa ideia se você atualizá-lo pelo menos uma vez por semana que muitas vezes não é o nosso caso), usar belos vídeos animados (nada melhor para fazer seu usuário compartilhar o conteúdo com todos no Facebook do que um vídeo animado para empresas), usar aquele infográfico top ou ainda um bom podcast para faze-los voltar a cada dia / semana / mês …
Para isto, começamos por analisar quais os termos de pesquisa mais relevantes para a sua atividade, e que tipo de pesquisas fazem os consumidores quando pretendem saber algo dentro dessa atividade, e a partir daí otimizamos o site em torno das mesmas, de forma a que se consiga, para além de melhorar a posição do website nas pesquisas e de aumentar o seu tráfego, angariar visitas muito mais qualificadas e interessadas no que o site e empresa oferecem. Desde o endereço da página, ao mapa do site, e até aos conteúdos que este vai ter, tudo tem de ser pensado contemplando a otimização para motores de busca.
SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de técnicas de otimização do seu site, blog e conteúdos. Para que estes sejam colocados numa melhor posição e encontrados pelos motores de buscas garantindo assim uma ótima visibilidade. É verdade que em alguns nichos são mais difíceis que em outros para ter sucesso no ranqueamento. Mas essa não é a realidade da maioria do mercado. Mesmo com conhecimentos básicos — mas necessários — com o que mostrarei aqui, você já estará em grande vantagem em relação a seus competidores e garantirá que seu negócio consiga ótimos resultados com tráfego orgânico. 
Piensa que, al realizar búsquedas en internet, el usuario está buscando un contenido que dé respuesta o solución a su problema, por lo que es muy importante que tu post esté enfocado en solventar sus dudas. En este caso, antes de redactar el post, el primer paso es buscar qué keyword emplear para poder posicionarse y dar solución, mediante la redacción del post, a las necesidades de los usuarios.
Pringle, definiu um número de atributos dentro da codificação HTML de uma página que frequentemente eram manipulados por provedores de conteúdo na Internet tentando melhorar a própria classificação em motores de busca. Devido a fatores que estão praticamente sob o controle exclusivo dos responsáveis por um site, os motores de busca continuaram a sofrer abusos e tentativas de classificações manipuladas. Para fornecer melhores resultados a seus usuários, os sistemas de busca tiveram que se adaptar e assegurar que as páginas de resultados mostrem sempre os resultados mais relevantes durante uma procura, no lugar de páginas inúteis cheias de palavras-chave e termos criados inescrupulosamente por webmasters na tentativa de usá-las como iscas para exibirem webpages sem link ou conteúdo. Estes fatos levaram ao nascimento de um novo tipo de motor de busca.[carece de fontes]
Devemos reclamar e verificar o nosso negócio no Google My Business. Para que o consigamos a nossa morada terá de ser verificada pelo Google, que assim garante que se trata de um negócio real. A partir desse momento podemos definir horários, gerir avaliações e carregar fotografias do nosso espaço ou atividade. Todos este detalhes, por si só, contribuem para potenciar a credibilidade do negócio, chamar atenção e atrair cliques.
Agência Nacional de Inovação AICCOPN Algarve Ambiente Arquitetura Brasil Castro Marim Coimbra Construção Construção e Imobiliário Câmara Municipal de Silves Dão Expomecânica Exponor FCTUC Festivais de Música Fora de casa Fora de casa em Lisboa Fora de Casa no Algarve Fora de casa no Porto Hotelaria IHG Imobiliário Ingka Centres Investigação JD Sports KiKai Eventos Lisboa Logística Mar Shopping Matosinhos Matosinhos Melgaço Moda Moda Desportiva Porto Predibisa Pós-venda Automóvel Remax Shopping Silves Sodexo Turismo Universidade de Coimbra Vinhos do Dão Vitivinicultura
Antes de partir para uma estratégia direcionada de marketing digital, é essencial que você tenha um site que seja agradável para seu cliente.  Construir um site é extremamente importante para que ele seja encontrado com facilidade e proporcione boa navegação interna para seus visitantes. Uma loja virtual própria faz o usuário se sentir mais confiante e também garante que você use o endereço do site da forma que quiser. Outra boa ideia é escolher um servidor de qualidade, pois o seu site deverá funcionar 24 horas por dia, independentemente da quantidade de visitantes que no seu portal.  Um site com boa identidade visual e design eficiente te ajudam na navegação do usuário no site. Além disso, o site deve ser responsivo e adaptável tanto em desktops, quanto dispositivos móveis. Sua página ficou pronta, bonita, responsiva e traz uma boa experiência de navegação para o usuário. E agora? Calma, conheça as principais estratégias para aumentar o tráfego do seu site:
Depois de colocar a keyword que você quer avaliar, Buzzsumo mostra o impacto dos conteúdos relacionados à palavra-chave nas redes sociais. Isso inclui a quantidade de vezes que foi compartilhado no Facebook, LinkedIn, Pinterest e Google+, além de quantas vezes foi tuitado. A ferramenta também permite que você aplique filtros geográficos, por idioma e tempo para ter mais precisão nos resultados.
Em traços gerais, este processo, comummente referido como SEO (Search Engine Optimization), significa a adequação do conteúdo (textos e imagens) aos critérios e fatores que o algoritmo do Google usa para a determinação da relevância da informação para o utilizador. Este escrutínio, a que o motor de busca submete qualquer peça indexada, assim como ao contexto que o envolve, definirá, no final de contas, a respetiva classificação nos resultados de pesquisa.
Escreva regularmente! – Se você publicar seu conteúdo apenas uma vez, o Google não o verá como alguém que tenha alguma atividade em seu blog, para que você não o classifique. Escrever pelo menos 2 a 3 vezes por semana enviará um sinal para o Google de que você ainda está vivo e perseverante e, por isso, o Google irá recompensá-lo, ajudando-o a se classificar mais alto em seus sistemas.
Ele é o co-fundador da NP Digital. O The Wall Street Journal o considera como influenciador top na web. A Forbes diz que ele está entre os 10 melhores profissionais de marketing e a Enterpreuner Magazine diz que ele criou uma das 100 empresas mais brilhantes do mercado. O Neil é um autor best-seller do New York Times e foi reconhecido como um dos 100 melhores empreendedores até 30 anos pelo presidente Obama e como um dos 100 melhores até 35 anos pelas Nações Unidas.
Deve ter botões para que lhe sigam nas redes sociais: Da mesma forma como no ponto anterior, o público deve ter à mão os acessos para suas contas no Twitter, Facebook, entre outros, tudo para poder lhe seguir imediatamente. Uma forma fácil de fazer isso é usar Metro Style, um plugin para WordPress que permite que os usuários sigam suas contas nas redes sociais mais populares. O procedimento de instalação é o mesmo do caso anterior.
Pensar os conteúdos, do ponto de vista da sua otimização para motores de busca, não é apenas uma boa ideia: com a crescente consciencialização, quer de empresas quer de marcas, para o potencial de uma estratégia adequada SEO, tornou-se um imperativo para aqueles que almejam visibilidade, posicionamento e notoriedade. Daí ser imprescindível encarar esta componente de comunicação como parte fundamental de qualquer estratégia.
Los primeros buscadores surgieron a principios de los 90. Hasta que Google apareció en 1996 se crearon muchos, entre ellos Yahoo. Comenzó el boom de las Web. La gente se dio cuenta que realmente se podía ganar dinero con ellas. Así llegaron a la conclusión de que necesitaban atraer tráfico. ¿Cuál era el mejor método de atraer tráfico? Los motores de búsqueda. En ese momento los dueños de las webs empezaron a pensar cómo podrían alcanzar las primeras posiciones… ¡El SEO había nacido!

Piensa que, al realizar búsquedas en internet, el usuario está buscando un contenido que dé respuesta o solución a su problema, por lo que es muy importante que tu post esté enfocado en solventar sus dudas. En este caso, antes de redactar el post, el primer paso es buscar qué keyword emplear para poder posicionarse y dar solución, mediante la redacción del post, a las necesidades de los usuarios.
×